quarta-feira, 12 de junho de 2019

Vozes da Tradição reúne contos da tradição oral brasileira


Marco Haurélio é, na atualidade, um dos maiores coletores de contos tradicionais do Brasil. São centenas de versões, muitas delas já registradas em livros que são hoje leitura obrigatória para quem estuda ou, simplesmente, quer conhecer um pouco mais as tradições populares do nosso país. O projeto Vozes da Tradição, que nasceu de uma pesquisa no sertão baiano, em 2015, incluindo o registro feito em parceria com Lucélia Borges, ampliado com os contos ouvidos em Araxá (MG), é uma homenagem aos mestres e mestras do povo, guardiães da fonte da memória. São as vozes silenciadas pelo advento das novas tecnologias e pela dificuldade, inerente à condição humana, em conciliar o velho e o novo, ou melhor, em entender que as manifestações da oralidade estão para além das questões da temporalidade. As narrativas enfeixadas neste volume, ricamente ilustrado por Luciano Tasso, sugerem que abramos nossos ouvidos e nossos corações e sejamos, nós mesmos, elos dessa cadeia que nos conecta a povos e lugares, reais ou irreais, fazendo valer o princípio da fraternidade universal que norteia os contos do País da Infância. 
Na presente coletânea, todos os informantes e os locais da recolha são identificados. A maior parte dos contos pertence ao gênero maravilhoso, menos encontradiço hoje, devido a uma estrutura mais complexa, resultante de sua assombrosa ancianidade. É o caso de Guimar e Guimarim, que pertence ao ciclo de histórias que têm origem no mito de Jasão e Medeia, no qual o herói, numa terra estrangeira, conta com o auxílio da filha do rei para realizar tarefas impossíveis.

Se a literatura dos antigos salvou do esquecimento os deuses e heróis, os contos de tradição oral, por outro lado, preservam episódios e estruturas arcaicas, informações sobre ritos e mitos, nos conectando a um tempo que, talvez, somente nos sonhos e nos domínios do inconsciente ousássemos
perscrutar.


Pedidos: marcohaurelio@gmail.com 

Nenhum comentário: